VIDA NA ESCOLA

5 Tendências para profissionais de tecnologia

Um estudo realizado pela BairesDev apresentou algumas das principais tendências para os profissionais da área de tecnologia.

O levantamento foi baseado nas candidaturas que a empresa recebeu em seus processos de recrutamento. São mais de um milhão de candidatos por ano, sendo 35% do Brasil. Além disso, a empresa levou em consideração as características de sua própria equipe, que é formada por mais de quatro mil profissionais presentes em cinquenta países.

1) Inteligência artificial (IA) e linguagens de programação JavaScript e Python

A primeira tendência leva em consideração o surgimento de ferramentas como o ChatGPT, que colocaram a inteligência artificial em destaque nos últimos meses.

Segundo a BairesDev, o crescimento de ferramentas baseadas em IA e também em grandes bancos de dados fez com que a linguagem de programação Python ganhasse destaque. Houve um aumento de 179% em candidaturas nas vagas que exigem essa tecnologia. Só no Brasil, a empresa contratou mais de cento e setenta profissionais com essa especialização.

Além do Python, a linguagem JavaScript também segue em evidência, com 250% de alta no número de candidatos às vagas que exigem esse conhecimento.

2) Dispersão geográfica

Justice Erolin, executivo da companhia, afirma que não só os profissionais têm buscado por vagas remotas e em diferentes lugares do globo, como as próprias companhias têm conseguido encontrar bons profissionais ao expandir sua procura para fora dos grandes centros. De acordo com a companhia, mais de 30% da força de trabalho da própria BairesDev reside fora das capitais, sendo 90% localizada na América Latina, com mil e duzentos profissionais no Brasil.

3) "Boring tech": ajudando empresas e projetos menores

Outra tendência, segundo o executivo, é o que ele apelidou de “boring tech”, que é o processo de ajudar empresas e projetos menores em processos de digitalização.

Ele ainda afirma que, nesses casos, os profissionais precisam desenvolver as chamadas habilidades comportamentais, “soft skills”, e entender os processos dessas companhias, analisar como os negócios acontecem, quais são os potenciais problemas e se antecipar para resolvê-los e tornar a empresa mais eficiente.

4) Flexibilidade e desafios

A dispersão geográfica acarreta em outra tendência na área de tecnologia: a da flexibilidade. Os profissionais têm buscado cada vez mais empregos remotos e contratos maleáveis no que diz respeito a horários e regime de trabalho.

Um estudo recente feito pela BairesDev sobre como atrair e reter talentos na indústria de tecnologia mostrou que os candidatos gostariam de um trabalho remoto. Esse mesmo estudo também mostrou que 80% dos candidatos trocariam de emprego por projetos mais desafiadores e 86% por opções que impulsionassem seu crescimento profissional.

5) Mulheres na área

O estudo Women in Tech 2022, feito pela BairesDev, identificou que houve um aumento de 11% para 41% na participação de candidatas em cargos na área de tecnologia. Segundo Erolin, esse aumento não foi visto apenas nas candidaturas, mas também nas vagas. Ainda é possível, porém, observar uma desigualdade em cargos de desenvolvedores e engenheiros, mas a tendência é que isso se torne cada vez mais equilibrado, especialmente à medida que os sistemas educacionais e as novas gerações vão se desenvolvendo.

oficina de php no infnet
eventos infnet
rafaelasilva

Oficina de PHP no Infnet

Aconteceu no sábado a oficina de PHP, a linguagem de programação usada pelo WordPress, que provê a tecnologia base para mais de 30% dos websites.

Leia mais »